topo_ceap
 Seja Bem-Vindo(a)
Macapá-AP, Quarta-feira, 23 de julho de 2014
 PROJETO PRO+VIDA
 VEJA AS INFORMAÇÕES DO PROJETO ABAIXO
POR ONDE COMEÇAR? FILANTROPIA OU RESPONSABILIDADE!?
Por Ana Cássia Albuquerque


O termo Responsabilidade Social vem sendo discutido com mais ênfase, devido a conseqüentes mudanças sócias que a globalização traz. Diante deste novo cenário, as organizações precisam ter consciência e visão da relevância do seu papel dentro da sociedade, para que assim busquem sempre uma melhor qualidade de vida.
A Responsabilidade Social representa um compromisso social continuo das organizações com a sociedade. Ela busca a continuidade de ações, não se concentrando em promoções momentâneas. A Responsabilidade Social é muito mais que uma preocupação passageira com a sociedade, ela vai, além disso.
As atividades filantrópicas diferem-se da Responsabilidade Social por vários motivos, um deles é que a Filantropia se restringe as doações para causas sociais, baseando-se no assistencialismo, no auxilio momentâneo, ela é o que chamamos de imobilismo social, pois não proporciona reflexão ao cidadão, satisfazendo apenas o conforto pessoal e moral de quem o pratica e o bem estar passageiro de que o recebe. Sendo que a responsabilidade social é um estágio mais avançado no exercício da cidadania (Melo 2001, p.26). Ela é uma ação transformadora, uma forma de inserção social, onde a maioria das organizações, senão todas estão desenvolvendo nos tempos atuais.
A atuação cidadã transforma o individuo em um ser preocupado com a coletividade e proporciona a ele um novo sentido ao papel social, o coloca como ser ativo e responsável. Sendo que muitos projetos filantrópicos funcionam como passo inicial e norteador para que ocorra uma transformação no objetivo de ajudar e contribuir para uma qualidade de vida mais digna.
O principal objetivo das ações que são implantadas pelas organizações que adotam o conceito de Responsabilidade Social é combater a exclusão social e promover a cidadania de uma parcela da população que se encontra à margem dos benefícios do desenvolvimento e da modernização econômica.


PROJETO AÇÃO PRÓ + VIDA - Histórico
Na atual conjuntura, em que o Brasil e em especial o Estado do Amapá, vem assumindo índices de violência insustentáveis, como: suicídios, mortes no trânsito, homicídios, agressões físicas e verbais, abortos e outros que se encontram no anonimato social, o Ceap idealizou, através do Projeto Ação Pró + Vida, a iniciativa de Construir e Difundir a Cultura de Valorização da Vida no Estado do Amapá, em que, contando com o apoio e parceria de diversos segmentos da sociedade civil, vem desenvolvendo, desde Maio do ano passado, com a Caminhada Solidária, ações que buscam motivar e despertar na população o valor de cada atitude desenvolvida por elas no dia-dia.
O mais importante deste trabalho é o fato de o Projeto Ação Pró + Vida não ser mero multiplicador de ações assistencialistas, mas, sobretudo, de uma filosofia que visa romper com a indiferença social, destacando valores humanos que integram o ser social e individual em uma dinâmica de autovalorização pessoal e coletiva.
E é com muita satisfação que após um ano de trabalho, conseguimos transformar o Projeto Ação Pró+Vida em Organização Ação Pró+Vida, também designada pela sigla APVIDA, que desde 03 de Junho de 2006 passou a ser  pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, e duração por tempo inderteminado.

AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO PROJETO AÇÃO PRÓ + VIDA DURANTE O ANO de 2005

Sucesso absoluto, a Caminhada Solidária foi a ação que deu o ponta pé inicial às ações desenvolvidas pelo Projeto Ação Pró + Vida no ano de 2005. Realizada em Maio, a caminhada contou, além dos alunos das Instituições de Ensino Ceap e Seama, com a participação de parceiros como Detran-Ap, ADEFAP, Igreja Messiânica, Diocese de Macapá e outros. Com concentração na Praça da Conceição e chegada na Concha Acústica do Araxá, encerramos a programação com show artístico e musica de Zé Miguel, que alegrou ao que lá estavam. Uma pequena muda foi plantada simbolicamente, bem como plantinhas foram distribuídas aos participantes.
Com ações mais direcionadas, divididas em três momentos especiais, foram desenvolvidas na Escola Nilton Balieiro, as seguintes atividades:
A primeira ação aconteceu no dia 17 de Setembro, na Escola Nilton Balieiro, com palestras e oficinas direcionadas a crianças, jovens, adultos e idosos. Como temas das palestras tivemos: O valor da família; Morrer em vida (drogas); A estética do envelhecer; Filmes educativos e planeta azul para as crianças. Na parte das oficinas tivemos: Arte com seixo, com a colaboração da professora Neuma; Artesanato, com o pessoal do Quilombo do Tapuia; Plantas medicinais, no qual o IEPA colaborou brilhantemente; e o grupo de dança e teatro do professor Álvaro. Na hora do lanche, um delicioso mingau de milho foi servido aos presentes.

Nosso segundo encontro que ocorreu no dia 12 de Outubro, na Sede Campestre da ASTREAP, realizou-se de maneira muito especial, pois comemorávamos o Dia das Crianças. Na ocasião, vários talentos, sejam da Escola Nilton Balieiro, do Grupo de Dança Estúdio Rose e Grupo de Teatro do Professor Álvaro, foram descobertos. Gibis e livros para-didáticos foram distribuídos, com o intuito de incentivar a leitura de nossos pequenos e/ou futuros escritores, bem como doces e balas e um lanche bem gostoso regado a suco, pão doce e choppinho. Para animar a garotada, brincadeiras tradicionais, como corrida de saco e dança da cadeira, foram realizadas e entrega de bexigas com formato de cachorrinhos completou o show de atrações destinadas às crianças que, empolgadas, aproveitaram cada minuto de seu dia.

A terceira ação do Pró + Vida que aconteceu na Escola Nilton Balieiro, no dia 19 de Setembro, levou à comunidade do Marabaixo III, bem como comunidades parceiras, atendimento médico e de embelezamento.

Diferente das ações anteriores, que aconteciam somente pela manhã, esta se prolongou até às 18h, na qual contamos com especialistas das áreas: odontologia, ginecologia, dermatologia, mastologia, clinica geral, pediatria e na área de embelezamento corte de cabelo, em que o SENAC deu todo o apoio técnico. Estes últimos foram os mais procurados. Para dar suporte ao atendimento médico, foi montada uma pequena farmácia nas dependências da Escola. Contamos também com o apoio do HEMOAP, que, com sua estrutura no ônibus, estavam medindo pressão e dosagem de glicose.

Aos que por lá passaram, pôde contar com um suporte alimentar de primeira, uma sopa deliciosa que foi doada pelos parceiros do Rotary Club Macapá. Para distração das crianças, havia um grupo de animadores que incansavelmente apoiaram a causa.

FOTOS DAS AÇÕES

 

foto01
foto02
foto03
foto04

foto05


NOSSOS PARCEIROS E VOLUNTÁRIOS DE 2005

Parceiros:
ADEFAP, ACAAP, ADFAP, E. E. Tiradentes, I. M. M. B., Fascinação, Segmento Artístico, SEAMA, HEMOAP, IEPA, DETRAN-AP, CHD/OAB-AP, Assembléia de Deus, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Governo do Estado, Secretaria de Turismo, FEAP, Conselho de Educação, Grupo de Santana, Diocese de Macapá, Auto Escola Oliveira, ADEVAP, APADA;
Voluntários: Aldilene Santiago, Álvaro Braga, Ana Rutth Ferreira, Anne Marinho, César Soares, Cláudio Sanches, Daiane Mourão, Darcineidi Dos Santos, Dayse Barros, Elane Rocha, Elisandra Cardoso, Ermeson Barata, Fernanda Lima, Gerciane Da Costa, Hailze Ferreira, Isabeli Gonçalves, José Aguiar, José Filho, Jose Lorena Da Silva, Josemary Do Nascimento, Josué Pontes, Kenia De Oliveira, Kleber Sarges, Larissa Santana, Liviane Nascimento, Luciana Vieira, Maria Do Socorro Barbosa, Maria Raimunda De Melo, Marileide Dos Santos, Marisol Mendes, Max Barbosa, Milena Furtado, Patrícia Barreto, Rafael Dos Santos, Rafaela Marinho, Raimunda Picanço, Regina Salman, Reinaldo Cavalcante, Reinaldo Da Silva, Renivaldo Sanches, Silvana Ferreira, Silvana Lima, Silvane Ferreira, Sinval Rola, Solange Da Costa, Suane Da Silva, Sueillen Da Silva, Tânia Pessoa, Vanessa Borges, Vânia De Oliveira, Vanusa Ribeiro, Verena Brito.

SEJA VOCÊ, TAMBÉM, UM PARCEIRO OU VOLUNTÁRIO DO PROJETO PRÓ + VIDA
Contatos: 3261-2133/222 - Sala 214 (Qualidade de Vida) – CEAP - email  sqv@ceap.b
r

 

      

 

 Centro de Ensino Superior do Amapá - CEAP ®
 Rodovia Duca Serra, Via 17, nº 350, Alvorada
 Fone: (96) 3261-2133 - Email: ceap@ceap.br
© Copyright 2008 - CEAP - Todos os direitos reservados